Beleza que se renova

misses

Moda e beleza caminham juntas, todas nós sabemos. E, assim como a moda, os padrões de beleza também se renovam. Há bem pouco tempo atrás, ninguém saia de casa sem antes usar a chapinha no cabelo, lembram? Eu mesma abandonei meus cabelos antigos e aderi a moda dos cabelos extremamente lisos, fazendo a famosa escova inteligente ou escova progressiva. E hoje, a tendência dos cacheados voltaram com tudo. Lá vou eu comprar o modelador de cachos (vendido naquela famosa loja) para me adaptar novamente à tendência. Mas, moda é assim mesmo. Seja para se adequar às roupas da estação, seja para nos deixar apavoradas correndo atrás dos esterótipos do momento, as tendências não param quietas. E,  acompanhá-las não é tarefa fácil.

Já passamos pelos mais diversos perfis de beleza, basta conferir nas passarelas de moda e concursos dos últimos 60 anos. Aliás, vale a pena lembrar que, nesse ano, completamos 60 anos de Miss Ceará. Então, vamos comemorar muito nossas bodas de diamante e rever os melhores momentos do concurso Miss Ceará Universo, realizado pela TV Jangadeiro/Band no último dia 30/07. A fan page do concurso no Facebook traz várias fotos dessa data tão importante e que elegeu Arianne Miranda, Miss Horizonte, como a Miss Ceará 2015. Nesse dia especial, nossa vencedora foi coroada, nada mais nada menos, por três cearenses que se tornaram Miss Brasil: Emília Correa Lima, Flávia Cavalcante e Melissa Gurgel (atual Miss Brasil).

Bem, pelas nossas lindas misses cearenses já podemos analisar os padrões de beleza de cada época. Das curvas acentuadas às mais sequinhas, os mais variados biotipos serviram de inspiração para muitas mulheres e adolescentes. Nos anos 50, podíamos ver curvas e coxas generosas. Nos anos 60 e 70 as mulheres ficaram mais magras e deram espaço para o perfil Twiggy (a londrina que foi ícone de moda nessa época). Um pouco mais adiante, nos anos 80, surgem as modelos lindas, esculturais e com cachês milionários. Na década de 90, é a vez de mudar o conceito do sex appeal e, a beleza andrógina, deixa muitos marmanjos confusos com a beleza indefinida.

E hoje? Sabemos que a beleza, assim com a moda, está sempre relacionada a padrões. A magreza imposta pela moda atende à necessidade de venda. Afinal, o corpo magro de uma modelo, como a Gisele Bündchen por exemplo, valoriza a roupa e, conseqüentemente, vende mais. A moda responde a um desejo pela juventude e pelo perfil alongado, duas coisas que toda mulher quer. Segundo os estilistas, é muito mais fácil vestir uma mulher de manequim 38, qualquer coisa cai bem. E, seguindo essa tendência, os concursos de miss também atualizaram seus padrões. Vamos lembrar a atual Miss Universo, a colombiana Paulina Vega, com seus 1.78 cm de altura, medidas 90-60-95 e perfil longilíneo.

Enfim, se estamos sendo exigentes demais com nós mesmas, vamos nos lembrar de valorizar o que possuímos de mais bonito e procurar a beleza particular que existe em cada uma de nós. Ao invés de se envergonhar, a apresentadora Angélica fez de sua pintinha na coxa uma marca registrada, assim como Sabrina Sato que não esconde seu charmoso sinal na testa. Cabe a nós, mulheres atuais e realizadas, aprendermos a valorizar nossas características pessoais que nos tornam especiais e, principalmente, belas.

Beijussssssssssssss!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s